Connect with us

Sem categoria

Um dia de água para Igarashi abastece Correntina por um mês inteiro

Postado

em

Com 12 bombas, 32 pivôs e duas piscinas de 125 m², as fazendas do Grupo Igarashi têm autorização para captar 106 milhões de litros de água por dia

Com a tutela do Governo do Estado da Bahia, a Lavoura e Pecuária IGARASHI recebeu autorização do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA), por meio da Portaria nº 9.159, de 27 de janeiro de 2015, para retirar do rio Arrojado 106 milhões de litros por dia. O sistema de captação de água é composto por um complexo sistema de 12 bombas e tubulações de grande diâmetro para dar conta de irrigar 2.539,21 hectares de plantações. Duas piscinas de 125 m², com seis metros de profundidade foram construídas para armazenamento da água e alimentação dos 32 pivôs instalados nas propriedades.

Sistema de Captação de Água feita pelo SAAE para abastecimento da população

Por outro lado, numa comparação necessária e importante para entender a dimensão do problema, o Sistema Autônomo de Água e Esgoto de Correntina (SAAE) utiliza duas bombas d’água para abastecer cerca de 7 mil residências de toda área urbana da cidade e parte das comunidades rurais mais próximas. Ao todo, a população consome cerca de 3 milhões de litros de água por dia, ou seja, o consumo diário da Igarashi corresponde ao abastecimento de toda população correntinenses por um mês inteiro.

 

 

Uma das piscinas construídas na fazenda Igarashi

 

Em entrevista ao portal Notícias Agrícolas, no dia seguinte a invasão, o presidente da ABAPA, Júlio César Busato, afirmou que a vazão do rio no ponto de coleta feito pela Igarashi é 22 m³/segundo e a autorização de retirada de água é 2,5 m³/segundo, ou seja, a agropecuária utiliza 12% da capacidade do rio para irrigação. Ao todo, a licença dar o direito de ligar as bombas durante 14h por dia com a sucção de 182.203 m³ retirados diariamente do rio Arrojado. Com base nessa análise não há razão para considerar aceitável a exploração dos recursos hídricos, da forma que está, pelas agroindústrias instaladas no município de Correntina. Isso sem contar que estamos falando apenas de uma propriedade, quantas outras fazem captação de água dos rios da Bacia do Corrente para grandes projetos de irrigação?

Com informações do site http://www.matutar.com.br

Comentário do Facebook

Brasil

Doria é ridicularizado por Alberto Goldman,vice-presidente do PSDB

Publicado

em

Comentário do Facebook
Continue lendo

Bahia

NANOTRIO VIRA ATRAÇÃO EM PROTESTOS DE SALVADOR 

Publicado

em

Por

Uma réplica de trio elétrico, batizada de “Nanotrio”, tem se destacado em protestos de movimentos sociais em Salvador, na Bahia.
No último final de semana, o Coletivo De Ação Fora Temer, idealizador do “Nanotrio”, coletou assinaturas para a Campanha Nacional Pela Anulação da Reforma Trabalhista no Rio Vermelho (sábado) e no Bairro da Paz (domingo).

À tarde, o trio elétrico de rodinhas já estava na Barra, onde participou da caminhada que partiu do Cristo da Barra em direção ao Porto contra a cura gay.

Guarda Municipal tenta confiscar equipamento

No último sábado, durante o Festival da Primavera, agentes da Guarda Municipal tentaram impedir a circulação do “Nanotrio” pelas ruas do Rio Vermelho. Segundo relato de membros do Coletivo, os agentes da Guarda não só quiseram levar o equipamento à força, como o danificaram parcialmente. O ato de censura gerou revolta entre os que presenciaram a ação, que vaiaram ainda os agentes da Prefeitura.

O Coletivo de Ação Fora Temer classificou o ato da GM como uma violação ao direito à livre manifestação, garantido pela Constituição Federal de 1988.

Comentário do Facebook
Continue lendo

Brasil

Opinião: “ANÃO” NA LISTA DE ODEBRECHT, ACM NETO PROCESSA MANNO GOES

Publicado

em

Por

Como se não bastasse o vexame pelo calote de R$ 30 milhões de direitos autorais aos músicos baianos, ACM Neto agora processa o compositor Manno Goes por ter sido chamado de “caloteiro” e “anão moral”.

A atitude expõe mais uma vez o modo autoritário e retrogrado que rege as ações de Neto. Ora, quem não paga em dia é caloteiro, sim. Já o apelido de “anão”, esse ACM Neto deve à lista da Odebretch. Porque nunca processou essavempreiteira?

Ao invés de perseguir artistas, o prefeito deveria aproveitar a oportunidade para explicar seu envolvimento em denúncias graves que envolvem a construtora.

Estamos com Manno Goés: a ação de Neto mostra seu total desrespeito aos músicos de toda Bahia.

Robinson Almeida – Deputado Federal PT-BA

Comentário do Facebook
Continue lendo

TV Lampião

Facebook

Mais acessados