Connect with us

Bahia

Centenário da Revolução Russa é tema de seminário em Salvador e Cachoeira

Postado

em

 

O Grupo de Pesquisa e Estudos Marxistas (GEPM) realiza — em conjunto com a APUR, ANDES, ASSUFBA , ABECS e outros grupos e entidades — nos dias 29, 30 e 31 de agosto de 2017, o seminário nacional ‘100 anos da Revolução Russa – Tudo que é sólido se desmancha no ar?’. O evento ocorre no auditório do Quarteirão Leite & Alves, no Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), em Cachoeira.

Além das atividades em Cachoeira, foi programado para terça-feira (29) pré-lançamento do livro ‘A revolução das Mulheres’, obra organizada pela doutora Graziela Schneider Urso, e Mesa de debate do seminário ‘100 anos da Revolução Russa – Tudo que é sólido se desmancha no ar?’. A atividade ocorre no campus da UFBA, em São Lázaro, Salvador.

O seminário nacional objetiva reunir pesquisadores, professores, estudantes, alunos e membros da comunidade acadêmica e extra-acadêmica com a finalidade de homenagear, debater e fomentar o pensamento reflexivo sobre os eventos que culminaram com a Revolução Russa de 1917, o estabelecimento do socialismo na União Soviética (URSS) e o reflexo desse processo político no capitalismo atual.

Programação do seminário ‘100 anos da Revolução Russa – Tudo que é sólido se desmancha no ar?’

Dia 29/08/2017 (terça-feira), Salvador

— Das 14 horas às 17 horas: pré-abertura, com o lançamento do livro ‘A revolução das Mulheres’, obra organizada pela doutora Graziela Schneider Urso, professora e membro do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher (NEIM) da UFBA, e editado pela Boitempo. O evento de lançamento da obra é mediado pela doutora Maíra Kubík Mano, jornalista, professora da UFBA, e pesquisadora do Centro de Estudos e Pesquisas em Humanidades. Além do lançamento da obra, ocorre Mesa de Debate do seminário ‘100 anos da Revolução Russa – Tudo que é sólido se desmancha no ar?’. A atividade ocorre no campus da UFBA, em São Lázaro, Salvador.

Dia 29/08/2017 (terça-feira), Cachoeira

— Das 19 horas às 22 horas: sessão do filme sobre a Revolução Russa, seguido de debate com o professor Gabriel Ávila, doutor em História pela Universidade Federal de Minas Gerais. A atividade ocorre em Cachoeira.

Dia 30/08/2017 (quarta-feira), Cachoeira

— Das 8 horas às 9 horas: Cerimônia de Abertura – solenidade com entidades e representações (Andes, Assufba, Apur, Movimento Negro Unificado, FAE- Fórum Anarquista Especifista da Bahia, Movimento Estudantil, Diretor do CAHL/UFRB, Representação Quilombola, Grupos de Pesquisa);

— Das 9 horas às 10 horas:  Atividade Cultural – Filarmônica de São Félix

— Das 10 horas às 12 horas:  Mesa 1 — ‘A Revolução Russa em geral: história e contexto’, 1ª palestrante, professor Luís Eduardo Acosta (Serviço Social, UFRJ/Vice-Presidente Nacional do Andes), 2ª palestrante, professor Carlos Zacarias Sena Júnior (História, UFBA); debatedora, professora Heleni Duarte Ávila (Serviço Social e Representante Sindical da APUR, UFRB); coordenador da Mesa 1, professor Bruno Durães (Ciências Sociais, UFRB)

— Das 13:30 horas às 15 horas:  Oficina sobre ARTE e Revolução – Título: Construtivismo Russo na Prática (oficineirxs: Vaneza Melo e Rony Bonn)

— Das 13:30 horas às 15 horas:  Mesa 2 — ‘Revolução Russa e a Greve Geral de 1917 no Brasil’, 1ª palestrante, professor Aldrin Castellucci (História, UNEB); 2º palestrante, Carlos Baqueiro (Anarquista e Petroleiro); coordenador da Mesa 2, Job Paulo filho (estudante de História e membro da FAE/BA Fórum Anarquista Especifista);

— Das 15 horas às 17:30 horas:  Mesa 3 — ‘A Arte e a Revolução Russa’, 1º palestrante, professor Antônio Câmara (Ciências Sociais, UFBA); debatedor, professor Silvio Benevides (Ciências Sociais, UFRB); coordenadora da Mesa 3, professora Rosana Soares (Artes Visuais, UFRB);

— Das 18:30 horas às 21 horas:  Mesa 4 — ‘A revolução Russa e o protagonismo das mulheres’, 1ª palestrante, professora Sofia Manzano (UESB); 2º palestrante, professora Maíra Kubik (NEIM, UFBA); 3ª palestrante, professora Graziela Urso (USP); debatedora, professora Rosenária Ferraz (Serviço Social, UFRB); coordenador da Mesa 4, professora Henrique Sena (Coordenador do Curso de História – UFRB);

— Das 21 horas às 21:30 horas: lançamento do livro ‘A revolução das mulheres’, organizado pela professora Doutora Graziela Urso, editado pela Boitempo.

— Das 21:30 horas às 22 horas: atividade cultural, através da apresentação de Larissa Neres, violão e voz.

Dia 31/08/2017 (quinta-feira), Cachoeira

— Das 8 horas às 9 horas: Atividade Cultural (Participação do Ator Badinho)

— Das 9 horas às 12 horas:  Mesa 5 — ‘Revolução Russa e as lutas anticoloniais na África e na América Latina’, 1ª palestrante, professor Ronaldo Barros (Filosofia, UFRB e Membro do MNU); 2ª palestrante, professor Bas’ilele (Campus dos Malês, UNILAB); 3ª palestrante, professor Diogo Valença (Coordenador da Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFRB); coordenador da Mesa 5, Edcarlos Ribeiro Bomfim (Estudante de Ciências Sociais, UFRB.).

— Das 13:30 horas às 15 horas:  Mesa 6 — ‘Revolução Russa: socialistas, proletários, campesinos, anarquistas e outros grupos’, 1ª palestrante, professor Milton Pinheiro (UNEB); 2º palestrante, professor Eurelino Coelho (UEFS); 3ª palestrante Leila Maria (Estudante de História/UFRB e Membro da FAE – Fórum Anarquista Especifista); debatedor da Mesa 6: Antônio Bomfim Moreira (ASSUFBA/Sindicato); e coordenador da Mesa 6, Aristeu Souza (Estudante de Artes Visuais, CAHL/UFRB)

— Das 16 horas às 18:30 horas: Exibição de filme “O ENCOURAÇADO POTEMKIN” com o  Prof.º Roberto Duarte (UFRB) e Prof.º Gabriel Ávila (UFRB);

— Das 19 horas às 21 horas:  Mesa 7 (mesa de encerramento) — ‘A Revolução Russa ontem e hoje’, 1ª palestrante, professor Jorge Almeida (Ciência Sociais, UFBA), 2º palestrante, Pascoal Carneiro (Presidente da CTB Bahia, Central dos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil); coordenadora da Mesa 7, professora Silvia Pereira (Serviço Social, UFRB, representante do CRESS);

— Das 21 horas às 22 horas: encerramento com atividade cultural, através da apresentação de Larissa Neres, violão e voz.

Síntese da agenda do evento

O que

— Seminário ‘100 anos da Revolução Russa – Tudo que é sólido se desmancha no ar?’

Quando:

— 29, 30 e 31 de agosto de 2017.

Onde

— Dia 29, das 14 horas às 17 horas, pré-abertura no Campus da UFBA, em São Lázaro, Salvador;

— Dia 29, das 14 horas às 17 horas, sessão do filme sobre a Revolução Russa e debate, na UFRB, em Cachoeira;

— Dias 30 e 31, com programação diversificada, abrangendo manhã, tarde e noite, as atividades ocorrem no auditório e nas salas de aula do Quarteirão Leite & Alves, Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), da UFRB, em Cachoeira.

Sites do seminário

Confira site do GEPM: https://www2.ufrb.edu.br/gepm/

Confira site do evento: https://100anosdarevolucaorussablog.wordpress.com/

Comentário do Facebook
Continue lendo
Click para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

Eleitores de Haddad sofrem ameaça de morte por seguidores de Bolsonaro

Publicado

em

A Mídia Lampião recebeu denúncias dos eleitores de Haddad onde afirmam que foram ameaçados de morte pelos seguidores de Bolsonaro nas redes sociais e nos grupos de WhatsApp.

Uma das vítimas do ataque, Alex Souza, relata que é um dos administradores do grupo ELE NÃO! HADDAD SIM, no WhatsApp, e por esse motivo foi atacado. “Um suposto eleitor de Bolsonaro entrou no grupo para bagunçar e provocar os participantes com notícias “Fakes News” – [notícias falsas], com palavrões e vídeos pornográficos, não satisfeito ele me fez ameaças com mensagem mostrando uma arma de fogo, ele realmente não me conhece”,  denuncia.

“Fiz os prints da conversa, fui até a delegacia e aguardo a apuração dos fatos, se essa gente travestida de eleitor de Bolsonaro está pensando que de forma covarde, vão ficar escondidos através de perfis do Facebook e contas do WhatsApp está redondamente enganados, quem tem sangue de escravos nas veias não foge à luta, meus antepassados lutaram muito pela liberdade, não será qualquer projetinho de Bozanoro que me calará!”, declara.

Para Souza, a urna não é lugar de depositar ódio e intolerância, é lugar de depositar a esperança de um Brasil Feliz de Novo.  “Bolsonaro é homofóbico, machista, racista, perverso e muito mais… Continuarei na luta pela democracia e gritando de boca cheia! ELE NÃO! ELE NUNCA! ELE JAMAIS”, ressalta.

 

Confira a denúncia na integra:

Não são as crises políticas, econômicas e éticas que põem em risco a democracia brasileira. A democracia brasileira,…

Publicado por Alex Sousa em Sábado, 13 de outubro de 2018

Comentário do Facebook
Continue lendo

Bahia

O fenômeno Lula

Publicado

em

As pesquisas apontam. O mundo reconhece. Os brasileiros imploram. É emocionante falará do cara que virou ideia: O Lula.

Após 4 meses preso político o homem-ideia passa através das frestas das grades e faz o maior estardalhaço na recente história política do país. Se a boca não pode falar; a voz não pode ser ouvida, a imagem não pode ser vista e o cheiro não consegue ir tão longe. O que faz Lula crescer 9 pontos percentuais, conforme as pesquisas, após 120 dias trançados?
Se quem ao arrepio da lei imaginou que prendendo incorporar a ideia de apagaria, fez as contas erradas.

Mesmo com o Programa de Governo mais corajoso das eleições petistas, alinhado com o Desenvolvimento integral do país e com a inclusão de parcela considerável que ainda não faz parte da nação brasileira e retomada do desenvolvimento visto na era petista e a apresentação de reformas de base estruturantes; mesmo assim entre os ricos,, Lula amplia o seu eleitorado de 14% para 20%.no geral passa 30 para 39% no geral é, com a perspectiva de transferência de votos que já coloca seu apoiado no segundo turno das eleições. Mais ainda. Faz o PT ser, de longe partido mais querido do Brasil.

Estamos diante de um fenômeno que embolou a mente dos algozes que fizeram da comunicação uma partida de futebol marrada pelo locutor que torce para o time que perde; de um judiciário que assume publicamente sua opção política, quando a isonomia deve ser um princípio é de um mercado mambembe, que de tudo se faz (chantageia a população, faz análises e notas tentando desqualificar), mas o povo segue o Lula. Os mais atentos já sabem. Lula já ganhou na política ganhará nas urnas. Ganha o Lula ou que ele indicar. Pois, contra fatos tem havido muitos argumentos, mas o povo brasileiro tem argumentado mão forte ainda em favor dos fatos. Lula é um fenômeno.

Comentário do Facebook
Continue lendo

Bahia

PROTESTO DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

Publicado

em

Neste momento nas ruas do comércio, os professores da rede Municipal de Ensino, protestam por melhorias salarias. Adata base para o reajuste salarial é maio e desde abril a APLB-Sindicato, entidade representativa da categoria, entregou a pauta de reivindicações e foram realizadas várias reuniões entre o Executivo Municipal e a direção da APLB. Entretanto, como nenhuma resposta positiva foi apresentada, não restou alternativa, senão a greve!

 

Comentário do Facebook
Continue lendo

TV Lampião

Facebook

Mais acessados