Connect with us

Bahia

Prefeitura não faz o “dever de casa” e Governo do Estado assume integração ônibus-metrô

Postado

em

Estação Mussurunga deve ser entregue já em outubro, enquanto a do Aeroporto em abril do ano que vem, segundo a Sedur

Rui Costa (PT) afirma que fará integração total do metrô e inclusive já encaminhou o projeto ao Ministério Público.  Em entrevista concedida ao jornal BA Record, nesta terça- feira (25), Rui Costa declarou que a integração ônibus-metrô vai ser feita “de qualquer jeito”. O gestor declarou ainda que já foi enviado ao MP o pedido oficial dos ônibus complementares que farão a integração. Na licitação consta veículos com ar-condicionado e wifi gratuito. Segundo o governador, o processo já deve ser divulgado nos próximos dias.

A decisão do governador surgiu em meio às negociações que estavam sendo mediadas pelo MP entre o Estado e a gestão municipal. A ação indica que não houve acordo entre ambas as partes. Rui destacou ainda que existe uma cláusula do contrato entre o Governo e a Prefeitura de Salvador onde permite o Estado de licitar contratos de transportes até 5 km de distância das estações.

Sem contar que a Prefeitura não está fazendo o “dever de casa”, pois a integração nas estações já inauguradas, como as que ficam nas adjacências dos bairros Imbuí, Saboeiro e Cabula VI, não está sendo feita.  E, enquanto a gestão municipal não toma uma decisão, a população sofre ao ter que, por exemplo, sair debaixo de chuva para chegar às estações.

Obras – Em resposta ao Mídia Lampião, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Governo do Estado da Bahia (Sedur) informou que as obras de implantação da Linha 2 do metrô estão com avanço de 78% até Junho de 2017, e seguem em ritmo acelerado, principalmente no trecho final de execução da via permanente para circulação dos trens, entre as estações Mussurunga e Aeroporto, bem como as estruturas internas e cobertura da Estação Aeroporto.

O prazos de entrega até a estação Mussurunga é outubro de 2017, enquanto a do Aeroporto a previsão será abril de 2018. Já os terminais de integração da Rodoviária Norte e Estação Mussurunga a conclusão está agendada para o mês de setembro de 2017 e a de Pituaçu para o mês de outubro. A Sedur declarou ainda que as novas passarelas definitivas das estações metroviárias e terminais de integração da Linha 2 encontram-se em execução, sendo que as da região do Detran, Imbuí e CAB estão com maior avanço.

Comentário do Facebook

Bahia

AO VIVO: #DiálogosCapitais – Curitiba/PR: Bancos públicos sob ataque: desafios, riscos e perspectivas

Publicado

em

Comentário do Facebook
Continue lendo

Bahia

RIO “ATERRADO” NO ITAIGARA

Publicado

em

Máquinas do deputado João Gualberto, dono do Hiper ideal, que comprou terreno público vendido por ACM Neto, aterraram ontem, 5, um dos rios que passa pelo Itaigara, cometendo assim um grande crime ambiental. Esse povo não vai aprender nunca com as tragédias ambientais. Por onde as águas daquele bairro vão escoar em caso de enchentes?

Via Messias Lula da Silva

Comentário do Facebook
Continue lendo

Bahia

LANÇAMENTO DO LIVRO PARA ONDE VAI A POLÍTICA BRASILEIRA?

Publicado

em

PARA ONDE VAI A POLÍTICA BRASILEIRA?
BREVE ENSAIO SOBRE A CRISE DE REPRESENTAÇÃO E O PÓS-IMPEACHMENT

O público interessado em entender o país encontrará no livro Para onde vai a
política brasileira? perguntas e respostas instigantes sobre os últimos acontecimentos
que marcam a crise política atual. As manifestações de junho de 2013, a Operação
Lava Jato, as eleições presidenciais de 2014, os protestos antipetistas de 2015 e o
impeachment da presidenta Dilma Rousseff são narrados de forma meticulosa pelo
autor, apresentando informações de bastidores e o que foi debatido pela imprensa,
dando um caráter objetivo e factual às análises apresentadas ao longo da obra. Tratase
de um jovem cientista político, professor e pesquisador baiano com vasta presença
em palestras, conferências, escritos em jornais, blogs e redes sociais, que oferece
novos pontos de debate sobre a política, em especial, sobre os rumos da esquerda
brasileira e do lulismo, enquanto fenômeno de representação eleitoral nos últimos
anos. Ao dialogar com os fatos, o autor oferta ao público leitor análises para quem não
vivencia a vida acadêmica e tem como ponto forte o intenso diálogo com outras obras
lançadas nos últimos anos no calor da crise política brasileira.

A escolha do autor pelo tema do livro acompanha a sua trajetória de cientista
político: busca lançar luzes sobre o futuro da política democrática no país e as raízes
das disputas societárias que não serão facilmente capturadas por uma
representatividade do sistema político decorrente das eleições de 2018. A política
brasileira tem um encontro marcado nos próximos anos com a sua definição de
república e democracia dentro do sistema político e pelas ruas do país.

O leitor ou a leitora encontrará nas páginas deste livro uma ampla
reconstituição dos fatos políticos dos últimos anos, uma viagem sobre a crise política
brasileira em diálogo com o que virá pela frente: teremos um avanço da democracia
com a construção de um novo pacto de classes, assim como fez o varguismo e o
lulismo? Ou estaremos diante de um retrocesso que fragiliza a nossa democracia e a
sociedade civil ao ponto de criarmos perigos autoritários enquanto uma armadilha
civilizatória consonante com o nosso passado colonial? Para onde vai a política
brasileira?

AUTORES
Cláudio André de Souza – Graduado, mestre e doutor em Ciências Sociais
pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Cláudio André de Souza é professor de
Ciência Política da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia AfroBrasileira
(UNILAB), campus dos Malês (BA) e professor colaborador do Programa de
Pós-Graduação em Políticas Sociais e Cidadania da Universidade Católica do Salvador
(UCSAL). Atualmente pesquisa temas relacionados à democracia, partidos políticos,
representação, participação, protestos e movimentos sociais.

 

SOBRE A EMPRESA
Localizada na cidade de Curitiba, Paraná, a Editora Appris, conta com
aproximadamente sete anos de existência. A empresa atua no ramo de publicação de
obras técnicas e científicas nas mais variadas áreas do conhecimento. Com a
experiência de seus editores, que estão há mais de 27 anos no mercado editorial, a
Appris possui um catálogo com mais de 2 mil obras publicadas e, número esse que
cresce com uma média de 60 lançamentos por mês.

CONTATO
Empresa: Appris Editora & Livraria;
Departamento: Comunicação e Marketing;
Responsável pelo Departamento: Sara Coelho
E-mail: marketing@editoraappris.com.br, Telefone: (41) 3156-4731

Comentário do Facebook
Continue lendo

TV Lampião

Facebook

Mais acessados