Connect with us

De olho na imprensa

TV argentina critica divulgação de notícia falsa pela Rede Globo

Postado

em

Estopim para a crítica teria sido a divulgação no Jornal Nacional de que o ex-presidente Lula e a ex-presidenta Dilma possuíam contas no exterior, informação retificada na sequência (embora não se diga qual a razão do erro, se de apuração, etc.).

Ao contrário do que disse o Jornal Nacional, Joesley Batista (dono da JBS) afirmou na delação, segundo a tímida nota lida no dia seguinte no Jornal da Globo, que as contas que possuíam no exterior estavam em seu nome, e não no nome dos ex-presidentes. Uma informação que, por si só, anula toda a notícia divulgada no dia anterior.

ASSISTA no link abaixo.

Comentário do Facebook
Continue lendo
Click para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

PROTESTO DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

Publicado

em

Neste momento nas ruas do comércio, os professores da rede Municipal de Ensino, protestam por melhorias salarias. Adata base para o reajuste salarial é maio e desde abril a APLB-Sindicato, entidade representativa da categoria, entregou a pauta de reivindicações e foram realizadas várias reuniões entre o Executivo Municipal e a direção da APLB. Entretanto, como nenhuma resposta positiva foi apresentada, não restou alternativa, senão a greve!

 

Comentário do Facebook
Continue lendo

Brasil

Rede Globo incita golpe militar

Publicado

em

Por

É escandalosa a pressão da Rede Globo para que o Supremo Tribunal Federal negue ao ex-presidente Lula o direito constitucional de se defender em liberdade da condenação ilegal e injusta, sem crime nem provas, imposta por Sérgio Moro e agravada em decisão previamente combinada da 8a. Turma do TRF-4.

Chegaram ontem (3/4) ao cúmulo de encerrar o Jornal Nacional associando uma declaração do comandante do Exército, general Villas Boas, ao julgamento marcado para hoje do habeas corpus em defesa de Lula no STF.

Não é natural da democracia que chefes militares se pronunciem sobre questões políticas ou jurídicas, como vem ocorrendo nos últimos dias. Mais estranho ainda é que uma manifestação do comandante do Exército, general Villa Boas, em rede social, seja divulgada e
manipulada no decorrer de uma edição do Jornal Nacional especialmente dedicada (23 minutos) a pressionar os ministros do STF.

Nos governos do PT, prestigiamos as Forças Armadas como nenhum outro desde a redemocratização do País. Em nossos governos, não faltou fardamento nem rancho para os recrutas. Investimos na defesa das fronteiras terrestres, das águas territoriais e do espaço aéreo, devolvendo a dignidade aos militares.

E assim como defendeu o general Villas Boas nas redes sociais, nós do PT sempre combatemos a impunidade e respeitamos a Constituição, inclusive no que tange ao papel das Forças Armadas definido na Constituição democrática de 1988.

A defesa da Constituição implica em reconhecer a presunção da inocência, conforme definida no parágrafo 57 do artigo 5o. É o que esperamos que seja ratificado hoje pelo plenário do STF.

A Globo quer repetir o que fez em 1964, quando incitou chefes militares contra o governo constitucional de Jango Goulart. E o faz agora para pressionar o Supremo. A Globo tem sido historicamente um veneno a democracia.

Colunistas amestrados da imprensa, porta-vozes do fascismo e até oficiais da reserva vêm brandindo a ameaça de um novo golpe militar contra o reconhecimento dos direitos de Lula. São as vozes do fascismo e da intolerância.

A saída para a crise política, econômica e social está na realização de eleições livres e democráticas, com a participação de todas as forças políticas e sem vetos autoritários a Lula. E no respeito ao pacto político consagrado na Constituição de 1988. É este pacto, democrático, que o STF tem o dever de proteger.

Senadora Gleisi Hoffmann
Presidenta do Partido dos Trabalhadores

Senador Lindbergh Farias
Líder do PT no Senado Federal

Deputado Paulo Pimenta
Líder do PT na Câmara dos Deputados

Comentário do Facebook
Continue lendo

Brasil

Meu malvado favorito

Publicado

em

Por

Esse país é realmente surreal, muito estranho, é pra profissionais, como bem disse Vinicius de Morais. Numa suprema corte em que a ala “liberal-progressista” – Luiz Roberto Barroso à frente – se acovardou diante da mídia ou foi arrastada pela força gravitacional do punitivismo curitibano ou ainda, se preferirem, foi picada pela mosca azul, coube ao cão de guarda da velha direita a defesa “ousada” das garantias constitucionais.
É evidente que os princípios que movem Gilmar Mendes não são aqueles evocados em sua retórica, mas seus compromissos e laços com malfeitores do empresariado e do tucanato. O fato é que pra justificar e legitimar sua proteção a esses malfeitores ele também precisa tomar medidas que beneficiam personagens de fora de seu espectro politico-pessoal e assim vai se consolidando como contraponto dos abusos da Lava Jato. Embora seus recentes habeas corpus tenham chamado muita atenção da mídia, a principal decisão de Gilmar nos últimos dias foi a liminar que proíbe as conduções coercitivas, atendendo a recurso do PT.
Essa decisão é muito importante porque as conduções coercitivas, que permitiam a humilhação de acusados e até sua condenação antecipada, são consideradas um dos principais abusos da Lava Jato e o próprio ex-presidente Lula foi vítima desse abuso. Portanto, num país cuja história tem sido marcada pelo protagonismo de anti-heróis, o espírito de macunaima, Gilmar Mendes, aquele que sempre foi alinhado ao tucanato e que desde o mensalão se lançou em uma cruzada contra o PT, agora pode ser decisivo para garantir a liberdade e a candidatura de Lula.
Espera-se que quando os recursos da defesa de Lula chegarem ao Supremo a ala liberal-progressista não se acovarde deixando pra Gilmar o papel de defensor das liberdades democráticas, sob pena do Brasil se tornar um país, não de profissionais, mas de malvados bonzinhos, macunaímas.
Antônio Carregosa (Toninho) – doutor em sociologia pela UFS e militante do PT desde 2002. Atualmente é secretário de administração geral de Paripiranga/BA

Comentário do Facebook
Continue lendo

TV Lampião

Facebook

Mais acessados