Connect with us

Brasil

Aécio Neves: novos áudios complicam ainda mais situação do senador afastado

Postado

em

Divulgação de novos grampos de conversas entre o senador afastado e o seu colega, o senador Zezé Perrella (PSDB-MG), e entre Aécio e o dono da JBS complicam de vez a situação do ex-presidente nacional do PSDB. Rodrigo Janot ingressou com recurso no STF pedindo novamente a prisão do ex-governador de Minas Gerais 

Após as revelações bombásticas da delação do dono da JBS, novos áudios obtidos por meio de autorização judicial mostram o senador afastado pelo STF, Aécio Neves (PSDB-MG), em situações mais do que embaraçosas. Numa conversa entre ele e o senador Zezé Perrella, o amigo do senador fala abertamente sobre o financiamento da campanha de Zezé e diz: “Como é que você acha que você chegou no Senado?”. E continua: “Você não foi eleito, Zezé, por uma ação divina…”.

A bronca de Aécio foi em função duma entrevista dada pelo senador Perrella à rádio mineira Itatiaia. Perrella chega a rebater e recorda da situação do helicóptero apreendido com quase meia tonelada de cocaína, dizendo que foi muito agredido, e, ao que parece, brinca:”Eu não faço nada de errado, eu só trafico droga”. Aécio ri num sorriso mesclado com ironia e um leve ar de sarcasmo. Noutro áudio, duma conversa gravada no dia 24 de março deste ano, o ex-governador de Minas Gerais afirma que é preciso mudar o chefe da Polícia Federal: “Tem que tirar esse cara”, repetindo afirmação de Joesley Batista. Na última sexta, 26, a Polícia Federal apreendeu no apartamento de Aécio, no Rio de Janeiro, anotações em papel com as inscrições “Cx 2” (uma provável referência à Caixa 2), dentre outras coisas.

O senador afastado das funções pelo ministro do STF, E. Fachin, desde o dia 18, ainda reclamou, nas conversas, do ministro Osmar Serraglio, afastado pelo governo golpista no último domingo (o que não deixa de ser uma atitude suspeita, um possível movimento intencionando agradar aliados prontos para desembarcar do governo diante da atual crise): “não dá nenhum alô”, teria se queixado o tucano Aécio Neves, em referência à Operação Lava Jato.


Como possui foro privilegiado, o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, pediu a prisão de Aécio após o escândalo da delação da JBS, mas o ministro do STF, E. Fachin, não aceitou o pedido. Na segunda, 22, Janot ingressou com um recurso contra a decisão de Fachin no plenário do STF; o Procurador continua vendo elementos para a imediata prisão do ex-presidente nacional do PSDB e candidato derrotado nas eleições de 2014.

Ver áudio em:
http://www.diariodocentrodomundo.com.br/audio-eu-nao-faco-…/
Com informações: Pragmatismo Político, Folha de S. Paulo

Comentário do Facebook
Continue lendo
Click para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

MOVIMENTOS SOCIAIS SE PREPARAM PARA PROTESTAR NO VERÃO DE SALVADOR

Publicado

em

Por

Movimentos sociais na Bahia já se organizam para participar das atividades de verão na Bahia com Protestos e resistência ao golpe de estado no Brasil promovido pelo presidente ilegítimo em exercício Michael Temer. Movimentos como o Coletivo de Ação Fora Temer (CAFT), Filhos e Filhas de Marx, Médicos Pela Democracia, Transbatucada, sindicatos, entre outros, já se articulam para a formação de um movimento unificado para participar dos festejos de verão em Salvador, com muita luta e resistência, respeitando, é claro, os rituais religiosos presentes nas festividades baianas.

No CAFT os preparativos já começaram para as festas da Lavagem do Bonfim, Iemanjá, Carnaval, Dia da Mulher e Fórum Social Mundial (que ocorrerá este ano na cidade de Salvador nos dias 13 a 18 de março). Prometendo uma festa irreverente, com a presença de diversos artistas consagrados na Bahia, bastante música, percussão, Nanotrio, Djs, palavras de ordens, paródias e articulação com diversos movimentos sociais, o Coletivo de Ação Fora Termer promete deixar sua marca impressa no Bonfim através de muita arte, graciosidade, música, paródias e palavras de ordens, se configurando num movimento de luta e resistência dentro das atividades festivas de Salvador.
Mais informações ZAP: (71) 98853-2305, (71) 9 9190-2845

Comentário do Facebook
Continue lendo

Bahia

RUI COSTA 64 X 14 ACM NETO

Publicado

em

Por

No clássico baiano para ver quem se torna o melhor gestor público o governador da Bahia Rui Costa (PT) está dando de lavada no prefeito ACM Neto (DEM). Segundo pesquisa divulgada pelo portal G1, nesta terça feira, dia 02 de janeiro, o governador da Bahia lidera o ranking nacional com 64% de projetos executados ou em andamento das promessas feitas na campanha em 2014, se tornando o maior gestor do Brasil, além de ter as suas contas aprovadas no TCU, que não é o caso do prefeito de Salvador.

Bem longe disto, aparece o prefeito de Salvador ACM Neto com apenas 14% dos projetos executados ou em execução, bem abaixo da média nacional que é de 32% de execução de projetos pós-campanha.
Portanto, no embate direto entre os dois candidatos, o governador Rui Costa está dando uma verdadeira lavagem de competência e trabalho sobre o prefeito de Salvador, cujas ações se concentram basicamente em Festas, Asfaltos, Praças e Multas de Trânsito.

Comentário do Facebook
Continue lendo

Bahia

Por que a gente homem mata tantas mulheres?

Publicado

em

Por

Por Jocivaldo Dos Anjos

Elas estão certas no meio de tanta gente errada. A gente, que mata, não pode estar certa. Jamais que mata tanto pode estar certa. A ideia do imperialismo masculino como a fase superior do machismo: a ideia da posse que orienta a ideia do posso. Meus “compras”, a gente não pode. A gente não pode poder desta forma.

A gente se acha donos dos corpos, das almas, dos sonhos, dos querer, do pensamento, da manhã, da tarde, da noite… e, caso elas não tenham tempo de serem nossa a ente inventa e cria em nosso querer. Como este tempo, que não existe, não é de ninguém, a gente toma este tempo e cobra delas o único lugar que o imaginário pode morar: a vida.
Semana passava eu dialogava com um irmão meu – irmão que a vida que deu-. A gente precisa de ciclos para falar de vocês e seus sonhos e desejos, companheiras, entre nós homens. Dialogar sobre machismo com mulheres feministas ou não. Precisa de ser um tema nosso. Tem de ser tema dos ciclos, bem como outros temas que nos fere como gente na vida. Mas, tá demais.

Não é conversa para aplauso. Não é papo para se aparecer. É uma tristeza que mancha diariamente com sangue as páginas das vidas delas: a gente mata pela ideia de posse. A gente não saiu ainda do século XX em que elas não votavam. A gente não saiu ainda dos tempos que elas não tinham reconhecimento do trabalho. Compas, ainda a gente não saiu da idade média onde elas não gozavam. Elas hoje gozam, não por nossa vontade, mas pelo direito que elas – e todos os corpos tem de gozar.

A fase superior do machismo é o feminicídio. Quando elas falam: parem de nos matar não é somente uma frase de efeito. É o efeito de uma fase. Que fase! Uma fase que teima em na passar. Precisamos mais do que falar de machismo. Precisamos de superar. Tá puxado! Tá feio! A gente não é dono de ninguém. Porque ninguém pode ser senhor de ninguém em um tempo que não seja de escravização, compas. Desta forma, não sigamos. Não há como seguir matando tantas mulheres por nós sentirmos superiores. Pensemos! Mudemos! …

Comentário do Facebook
Continue lendo

TV Lampião

Facebook

Mais acessados