Connect with us

Bahia

Eu sei o que dona Marisa passou

Postado

em

 

Eu tenho uma relação boa com a morte. Todos partiremos, caso alguém ainda tenha dúvida. O que não deixa de ser um momento de tristeza para familiares, amigos e, neste caso, para uma grande parcela da população brasileira, pela esposa que Marisa foi para o Lula, por ser mãe, por ter sido uma trabalhadora com trajetória de dedicação e trabalho para manter a família. Não preciso resgatar a biografia dela, muitos farão isso após a confirmação da morte pela equipe médica.

Falando nisso, fiquei impressionado como os médicos aprendem rápido. Após as aulas práticas do juiz Moro sobre vazamentos ilegais, não é que teve uma médica do Hospital Sírio-Libanês que compartilhou informações sigilosas sobre o diagnóstico da ex-primeira-dama? Resultado: foi demitida, pois o famoso Código de Ética Médica não permite que profissionais de saúde disponibilizem a terceiros os prontuários dos pacientes. Talvez tenha chegado a hora de reformular o Código de Ética da Magistratura Nacional.

Fora isso, fiquei com a sensação de que sei exatamente o que dona Maria viveu antes de adoecer. Não tem como relatar toda a onda de ódio, perseguição e campanha difamatória. Mas não tem como esquecer a aquele áudio divulgado com a conversa dela com um dos filhos. O áudio não traz nenhuma ilegalidade e expôs um diálogo muito pessoal. Achei que esse foi um dos crimes graves da justiça e da mídia. O pedalinho também foi algo inacreditável num país onde o amigo do Aécio transporta cocaína com helicóptero abastecido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais e nada acontece. Sem dúvida, a condução coercitiva ilegal do Lula para depor no aeroporto afetou severamente a família.

O resultado das minhas reflexões me fez até agora concluir que a situação vivida por dona Marisa lembra bastante o que a minha mãe passou. De 2009 a 2012 assumi uma cadeira no legislativo barbarense. Tínhamos o sonho de construir um município melhor e mais justo e acabei sendo eleito. As sessões da Câmara eram muito duras e marcadas por debates intensos, mas em muitos momentos alguns vereadores eram agressivos e partiam para o campo pessoal.

Tentavam intimidar e jogar baixo com uma estratégia para minar o meu discurso. Eu achava interessante e ficava tranquilo porque conheço a minha trajetória e sabia dos meus objetivos. E melhor ainda: eu sabia dos objetivos  e das práticas dos meus adversários (um deles inclusive chegou a ser preso). Eu fui chamado de forasteiro na minha própria terra. O melhor mesmo foi ser chamado de poeta por pessoas que ficavam fora da Câmara e achavam que com isso estavam me insultado. Talvez eles não tivessem ideia de como eu me sentia reconhecido ao ser chamado de poeta. No íntimo, eu ficava numa felicidade.

Em tantos outros momentos as discussões foram bem agressivas. Nada daquilo me afetava. Mas quando chegava na casa dos meus pais, lá estava minha a mãe orando com o terço na mão e com uma angústia enorme ao ouvir tantos ataques contra o seu filho. Eu sempre passava lá para tranquilizá-la. Eu sabia que aquilo tudo era um jogo político, uma encenação. Sofria ela, minha tia Maria e outros parentes e amigos que ficavam preocupados. E olha que não passei nada perto do que viveu o ex-presidente Lula e sua família. Mesmo assim, posso afirmar que sei o que dona Marisa passou e como isso pode, de alguma forma, ter contribuído para o agravamento da sua saúde. Na política, a pressão é grande sobre os ombros de uma mãe. A pressão é ainda maior quando essa mãe é a esposa do Lula.

Eu vou orar por dona Marisa, mandar vibrações e desejar que uma energia boa circule pelo país e afaste esse mar de ódio e conservadorismo.

Comentário do Facebook

Bahia

Eleitores de Haddad sofrem ameaça de morte por seguidores de Bolsonaro

Publicado

em

A Mídia Lampião recebeu denúncias dos eleitores de Haddad onde afirmam que foram ameaçados de morte pelos seguidores de Bolsonaro nas redes sociais e nos grupos de WhatsApp.

Uma das vítimas do ataque, Alex Souza, relata que é um dos administradores do grupo ELE NÃO! HADDAD SIM, no WhatsApp, e por esse motivo foi atacado. “Um suposto eleitor de Bolsonaro entrou no grupo para bagunçar e provocar os participantes com notícias “Fakes News” – [notícias falsas], com palavrões e vídeos pornográficos, não satisfeito ele me fez ameaças com mensagem mostrando uma arma de fogo, ele realmente não me conhece”,  denuncia.

“Fiz os prints da conversa, fui até a delegacia e aguardo a apuração dos fatos, se essa gente travestida de eleitor de Bolsonaro está pensando que de forma covarde, vão ficar escondidos através de perfis do Facebook e contas do WhatsApp está redondamente enganados, quem tem sangue de escravos nas veias não foge à luta, meus antepassados lutaram muito pela liberdade, não será qualquer projetinho de Bozanoro que me calará!”, declara.

Para Souza, a urna não é lugar de depositar ódio e intolerância, é lugar de depositar a esperança de um Brasil Feliz de Novo.  “Bolsonaro é homofóbico, machista, racista, perverso e muito mais… Continuarei na luta pela democracia e gritando de boca cheia! ELE NÃO! ELE NUNCA! ELE JAMAIS”, ressalta.

 

Confira a denúncia na integra:

Não são as crises políticas, econômicas e éticas que põem em risco a democracia brasileira. A democracia brasileira,…

Publicado por Alex Sousa em Sábado, 13 de outubro de 2018

Comentário do Facebook
Continue lendo

Bahia

O fenômeno Lula

Publicado

em

As pesquisas apontam. O mundo reconhece. Os brasileiros imploram. É emocionante falará do cara que virou ideia: O Lula.

Após 4 meses preso político o homem-ideia passa através das frestas das grades e faz o maior estardalhaço na recente história política do país. Se a boca não pode falar; a voz não pode ser ouvida, a imagem não pode ser vista e o cheiro não consegue ir tão longe. O que faz Lula crescer 9 pontos percentuais, conforme as pesquisas, após 120 dias trançados?
Se quem ao arrepio da lei imaginou que prendendo incorporar a ideia de apagaria, fez as contas erradas.

Mesmo com o Programa de Governo mais corajoso das eleições petistas, alinhado com o Desenvolvimento integral do país e com a inclusão de parcela considerável que ainda não faz parte da nação brasileira e retomada do desenvolvimento visto na era petista e a apresentação de reformas de base estruturantes; mesmo assim entre os ricos,, Lula amplia o seu eleitorado de 14% para 20%.no geral passa 30 para 39% no geral é, com a perspectiva de transferência de votos que já coloca seu apoiado no segundo turno das eleições. Mais ainda. Faz o PT ser, de longe partido mais querido do Brasil.

Estamos diante de um fenômeno que embolou a mente dos algozes que fizeram da comunicação uma partida de futebol marrada pelo locutor que torce para o time que perde; de um judiciário que assume publicamente sua opção política, quando a isonomia deve ser um princípio é de um mercado mambembe, que de tudo se faz (chantageia a população, faz análises e notas tentando desqualificar), mas o povo segue o Lula. Os mais atentos já sabem. Lula já ganhou na política ganhará nas urnas. Ganha o Lula ou que ele indicar. Pois, contra fatos tem havido muitos argumentos, mas o povo brasileiro tem argumentado mão forte ainda em favor dos fatos. Lula é um fenômeno.

Comentário do Facebook
Continue lendo

Bahia

PROTESTO DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

Publicado

em

Neste momento nas ruas do comércio, os professores da rede Municipal de Ensino, protestam por melhorias salarias. Adata base para o reajuste salarial é maio e desde abril a APLB-Sindicato, entidade representativa da categoria, entregou a pauta de reivindicações e foram realizadas várias reuniões entre o Executivo Municipal e a direção da APLB. Entretanto, como nenhuma resposta positiva foi apresentada, não restou alternativa, senão a greve!

 

Comentário do Facebook
Continue lendo

TV Lampião

Facebook

Mais acessados