Connect with us

Bahia

Nova queda de braço desenha jogo sucessório de 2018

Postado

em

Na próxima quarta-feira, 1º de fevereiro, tem mais uma rodada de queda de braço entre as forças políticas baianas de olho na sucessão estadual de 2018: a eleição para presidente da Assembleia Legislativa da Bahia. Isto, oito dias depois do governador Rui Costa derrotar o prefeito ACM Neto na União dos Prefeitos da Bahia (UPB), com a eleição do seu candidato à presidente da entidade, Eures Ribeiro (PSD), do município de Bom Jesus da Lapa, com 206 votos contra 139 para Luciano Pinheiro (PDT), de Euclides da Cunha.

A expectativa agora é a jogada que envolve o legislativo baiano, onde não apenas o resultado da urna importa, mas a movimentação das pedras no tabuleiro, que pode indicar quem estará com quem em 2018.  Apesar da eleição no legislativo envolver mais interesses corporativos e particulares dos parlamentares do que se possa imaginar, que vão de  favorecimento com  cota do combustível de veículos a cargos diretivos e subalternos da Casa e indicações na estrutura do Executivo.

Tais interesses diversos teriam garantido o 5º mandato consecutivo do presidente Marcelo Nilo, com ampla maioria dos votos, contando com o apoio de colegas, independe da posição política em relação do governo do estado, a julgar pelas declarações de um conhecedor da causa, o deputado Ângelo Coronel, que foi vice-presidente na primeira gestão de Nilo e hoje se coloca como adversário no embate para o novo biênio da Presidência.

“Marcelo, não precisa ter medo, aqui não tem nenhum lutador de MMA. Ele fica ameaçando os deputados, por telefone, de cortar as coisas. O cara chega lá, minha cotinha de gasolina. Você disse que era paz e amor, mas está mais para deputado Pinóquio, mentindo demais para os deputados. Ele está lançando seu genro nas bases dos colegas […] a frustração é geral”, disparou Ângelo Coronel, no debate organizado pela Itapoan FM, no programa Se Liga Bocão. no qual Nilo, tido novamente como favorito, não compareceu.

No programa em que se uniu ao candidato apoiado por Neto, Luíz Augusto, nos ataques a Nilo, Coronel ainda ironizou:“Eu fico preocupado com a saúde de alguns colegas. Ele quer pegar os colegas pela boca, as pessoas vão para comer, beber e porque não querem ser retaliados. Se botar uma urna dentro do restaurante, ele ia tomar uma surra”.

Pode parecer pura bravata de Coronel. Mas não pode ser subestimado, porque o voto é secreto e os interesses são diversos, como dizem os adversários do atual presidente. Quando nada, a sua candidatura pode sinalizar sim a próxima jogada no jogo sucessório.

Com os pés nas duas canoas

Coronel é do PSD, cuja bancada conta com apenas sete deputados (incluindo ele). Mas as atenções recaem especialmente sobre a sua principal liderança estadual, o senador Otto Alencar, que embora reafirme lealdade à aliança com o governador Rui Costa e o ex-governador Jaques Wagner, tem posicionamentos políticos duvidosos para a imprensa e analistas do jogo político (disse que votaria a favor do golpe que depôs a presidente Dilma Roussef acabou votando a contra, acompanhando a posição política dos ditos aliados, mas depois votou a favor da PEC da maldade de Michel Temer, apoiado por Neto, que cortas dos gastos em educação e saúde por 20 anos).

Questionado pelo site Bahia.ba, se aceitaria um possível convite de Neto para conversar sobre as próximas eleições, Otto descartou de forma contundente. “Não aceitaria. Vamos permanecer na aliança. Neto está fazendo um bom trabalho, como Rui, mas a aliança está aí para ser respeitada”, afirmou. O senador também negou que estará presente em uma reunião com o democrata, deputados estaduais da oposição, nesta sexta-feira (27). Mas saiu com essa: “Quem vai discutir com a oposição é o candidato Ângelo Coronel e o líder do grupo que é ACM Neto. Então, para não dizer que estou com pés em duas canoas, é Ângelo que vai”, concluiu.

Tarde para sair

Exercendo a presidência do legislativo baiano pela quinta vez consecutiva, o deputado Marcelo Nilo (PSL) diz publicamente que não queria ser candidato à reeleição, mas atendeu a um pedido dos outros parlamentares e do próprio governador Rui Costa, quando o seu apego ao cargo é público e notório. E se isto era criticado até por deputados da situação, mas há quem defenda que a sua saída da Presidência para garantir alternância no cargo era necessária antes. Agora, a sua permanência, diante da disputa das forças políticas visando 2018, seria um mal necessário.

Nilo tem declarado à imprensa que computa mais de 41 votos de deputados.  Matemática complicada essa, a julgar pelo que dizem os seus adversários, em tese, donos de 27 dos 63 votos (19 da oposição, grupo de Luiz Augusto, e sete do PSD) e com possibilidade de aumentar conforme seus representantes. É certo que esta será a disputa mais dura para Nilo.

Comentário do Facebook

Bahia

Eleitores de Haddad sofrem ameaça de morte por seguidores de Bolsonaro

Publicado

em

A Mídia Lampião recebeu denúncias dos eleitores de Haddad onde afirmam que foram ameaçados de morte pelos seguidores de Bolsonaro nas redes sociais e nos grupos de WhatsApp.

Uma das vítimas do ataque, Alex Souza, relata que é um dos administradores do grupo ELE NÃO! HADDAD SIM, no WhatsApp, e por esse motivo foi atacado. “Um suposto eleitor de Bolsonaro entrou no grupo para bagunçar e provocar os participantes com notícias “Fakes News” – [notícias falsas], com palavrões e vídeos pornográficos, não satisfeito ele me fez ameaças com mensagem mostrando uma arma de fogo, ele realmente não me conhece”,  denuncia.

“Fiz os prints da conversa, fui até a delegacia e aguardo a apuração dos fatos, se essa gente travestida de eleitor de Bolsonaro está pensando que de forma covarde, vão ficar escondidos através de perfis do Facebook e contas do WhatsApp está redondamente enganados, quem tem sangue de escravos nas veias não foge à luta, meus antepassados lutaram muito pela liberdade, não será qualquer projetinho de Bozanoro que me calará!”, declara.

Para Souza, a urna não é lugar de depositar ódio e intolerância, é lugar de depositar a esperança de um Brasil Feliz de Novo.  “Bolsonaro é homofóbico, machista, racista, perverso e muito mais… Continuarei na luta pela democracia e gritando de boca cheia! ELE NÃO! ELE NUNCA! ELE JAMAIS”, ressalta.

 

Confira a denúncia na integra:

Não são as crises políticas, econômicas e éticas que põem em risco a democracia brasileira. A democracia brasileira,…

Publicado por Alex Sousa em Sábado, 13 de outubro de 2018

Comentário do Facebook
Continue lendo

Bahia

O fenômeno Lula

Publicado

em

As pesquisas apontam. O mundo reconhece. Os brasileiros imploram. É emocionante falará do cara que virou ideia: O Lula.

Após 4 meses preso político o homem-ideia passa através das frestas das grades e faz o maior estardalhaço na recente história política do país. Se a boca não pode falar; a voz não pode ser ouvida, a imagem não pode ser vista e o cheiro não consegue ir tão longe. O que faz Lula crescer 9 pontos percentuais, conforme as pesquisas, após 120 dias trançados?
Se quem ao arrepio da lei imaginou que prendendo incorporar a ideia de apagaria, fez as contas erradas.

Mesmo com o Programa de Governo mais corajoso das eleições petistas, alinhado com o Desenvolvimento integral do país e com a inclusão de parcela considerável que ainda não faz parte da nação brasileira e retomada do desenvolvimento visto na era petista e a apresentação de reformas de base estruturantes; mesmo assim entre os ricos,, Lula amplia o seu eleitorado de 14% para 20%.no geral passa 30 para 39% no geral é, com a perspectiva de transferência de votos que já coloca seu apoiado no segundo turno das eleições. Mais ainda. Faz o PT ser, de longe partido mais querido do Brasil.

Estamos diante de um fenômeno que embolou a mente dos algozes que fizeram da comunicação uma partida de futebol marrada pelo locutor que torce para o time que perde; de um judiciário que assume publicamente sua opção política, quando a isonomia deve ser um princípio é de um mercado mambembe, que de tudo se faz (chantageia a população, faz análises e notas tentando desqualificar), mas o povo segue o Lula. Os mais atentos já sabem. Lula já ganhou na política ganhará nas urnas. Ganha o Lula ou que ele indicar. Pois, contra fatos tem havido muitos argumentos, mas o povo brasileiro tem argumentado mão forte ainda em favor dos fatos. Lula é um fenômeno.

Comentário do Facebook
Continue lendo

Bahia

PROTESTO DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

Publicado

em

Neste momento nas ruas do comércio, os professores da rede Municipal de Ensino, protestam por melhorias salarias. Adata base para o reajuste salarial é maio e desde abril a APLB-Sindicato, entidade representativa da categoria, entregou a pauta de reivindicações e foram realizadas várias reuniões entre o Executivo Municipal e a direção da APLB. Entretanto, como nenhuma resposta positiva foi apresentada, não restou alternativa, senão a greve!

 

Comentário do Facebook
Continue lendo

TV Lampião

Facebook

Mais acessados